Marechal Floriano tem debate sobre olivicultura

Frente Parlamentar em Defesa e Apoio à Diversificação Agrícola realiza reunião nesta quarta-feira com produtores, no Centro de Agronegócios de Marechal Floriano

Por Larissa Lacerda

Caixa com azeitonas colhidas
Segundo Incaper, região das montanhas tem entre 20% e 76% de áreas viáveis ao plantio de oliveiras / Foto: Tatiana Caus/Incaper

A Frente Parlamentar em Defesa e Apoio à Diversificação Agrícola, Agricultura Familiar e Orgânica realiza, nesta quarta-feira (4), reunião para debater a produção de azeitonas no Espírito Santo. O encontro com produtores e interessados em implementar a cultura em suas propriedades será às 18 horas, no Centro de Agronegócios de Marechal Floriano, no distrito de Santa Maria.

A palestra ““Panorama e Perspectiva da Olivicultura no ES" será ministrada por Carlos Sangali, extensionista  do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper).  Segundo o Incaper, a região das montanhas capixabas, composta pelos municípios de Afonso Cláudio, Brejetuba, Castelo, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Marechal Floriano, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, possui entre 20 e 76% de áreas viáveis ao plantio de oliveiras. 

O colegiado já realizou, em agosto, uma reunião sobre o tema em Iúna, no sul do Estado. Na ocasião, produtores rurais, prefeitos, secretários participaram do encontro para conhecer mais sobre a possibilidade de produção de azeitonas e azeite nas regiões Serrana e do Caparaó do Espírito Santo. 

O plantio de oliveiras possui particularidades que limitam a área apta para o cultivo a regiões com terreno na faixa de altitude entre 900 e 1.300 metros, com temperaturas médias abaixo de 10° C. Ao todo, o Espírito Santo possui 150 mil hectares aptos, distribuídos em 25 municípios das regiões Serrana e do Caparaó, mas apenas 186,5 hectares são cultivados hoje.

O presidente da frente parlamentar, deputado Dary Pagung (PSB), ressalta a importância de incentivar olivicultura no Estado. “Estamos empenhados em tornar viável a construção de uma agroindústria para a produção do nosso azeite capixaba. Já temos terreno, recursos e o compromisso do governo em apoiar junto com a gente essa iniciativa”.

Frente

O objetivo da frente parlamentar é difundir e potencializar as ações do setor, que movimenta grande parte da economia do Estado. O aprimoramento da legislação estadual e o fomento ao setor agrícola também estão entre as metas. Ainda na meta da Frente está o apoio à infraestrutura e serviços; assistência técnica e extensão rural; pesquisa; comercialização; legislação sanitária, previdenciária, comercial e tributária; cooperativismo e associativismo; educação, capacitação e profissionalização, e ainda, a agroindustrialização.

Também compõem o colegiado os deputados Marcos Garcia (PV), Adilson Espindula (PTB), Hudson Leal (Republicanos), Alexandre Xambinho (Rede), Luciano Machado (PV), Capitão Assunção (PSL),  Raquel Lessa (Pros), Carlos Von (Avante),  Renzo Vascocelos  (Progressistas), Enivaldo dos Anjos  (PSD),  Sergio Majeski  (PSB)  e  Euclério Sampaio (sem partido).
 

Comissões: FP da Agricultura
Proposta homenageia escritor capixaba
Iniciativa declara Amâncio Pinto Pereira patrono da Educação no Espírito Santo e busca dar visibilidade à produção literária do capixaba
Bancos de leite amparam mulheres na amamentação
Além de prover bebês internados com o leite doado, essas instituições também orientam mães no aleitamento  
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros
Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH
Proposta beneficia servidores das polícias Civil, Militar, Penal, Bombeiro Militar e do Iases responsáveis pela condução de veículos dos órgãos
Proposta homenageia escritor capixaba
Iniciativa declara Amâncio Pinto Pereira patrono da Educação no Espírito Santo e busca dar visibilidade à produção literária do capixaba
Bancos de leite amparam mulheres na amamentação
Além de prover bebês internados com o leite doado, essas instituições também orientam mães no aleitamento  
Matéria veda homenagem a escravocratas
Prédios públicos também não poderão ter o nome de defensores da ditadura militar, nazistas, condenados por racismo, entre outros