Produtores de café recebem a Comenda Dário Martinelli

A história do “visionário” capixaba que dá nome à honraria e a sua importância para a expansão da espécie conilon no ES permearam discursos em sessão solene

Por Luciana Wernersbach

Sessão solene de homenagem ao cafeicultor capixaba
Sessão solene homenageou pessoas envolvidas na cadeia produtiva do café / Foto: Tonico

Mais de 80 mil famílias no Espírito Santo têm a cafeicultura de conilon como principal atividade. E, de acordo com a deputada Raquel Lessa (Pros), isso se dá graças ao trabalho de Dário Martinelli, considerado o “pai” do café conilon no Estado.

“A história do café conilon capixaba se confunde com a biografia do senhor Dário Martinelli. Ele adotou o conilon como causa, desde quando era prefeito em São Gabriel da Palha, nos anos 70, em pleno êxodo rural devido ao Programa de Erradicação do Café”, contou a deputada durante a sessão solene que concedeu a Comenda do Mérito Dário Martinelli a pessoas envolvidas na cadeia produtiva do café, nesta quarta-feira (13), na Assembleia Legislativa (Ales). A Comenda foi criada no ano passado.

“Visionário, Dário adquiriu sementes de uma lavoura remanescente e formou o primeiro viveiro de mudas desse café, colhendo e enviando 40 quilos de semente para outros municípios, doando mudas a produtores e iniciando uma campanha de conscientização”, completou a parlamentar.

Trinta convidados foram os homenageados, entre eles o produtor rural Joacir Ferreira da Fonseca, do município de Águia Branca. Joacir é referência na área de consultoria técnica agropecuária e foi consultor federal do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf). Ele foi mais um que quis honrar a memória de Dário Martinelli, que morreu aos 85 anos, em setembro de 2015.

Confira fotos da sessão solene

“Ele era um homem simples, humilde, e um visionário, que nunca se curvou às problemáticas, não só da agricultura, mas de tudo o que aconteceu na vida dele. Transformou a vida de muitos com políticas públicas de qualidade, e sempre frisou que nunca fez sozinho, e sim com parcerias. Nós estamos honrados de ser homenageados com essa comenda, que deveria se chamar Comenda Dário Café Conilon Martinelli”, comemora.

Representando o secretário de Estado de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), Paulo Foletto, estava o subsecretário Michel Tesh. De acordo com ele, o Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBPA) referente ao café, no Estado, gera R$ 5 bilhões. “Nós estamos falando de um único produto da atividade capixaba que apresenta esse valor. É uma expressividade grande, bem distribuída por 130 mil famílias, considerando conilon e arábica”, afirma o subsecretário.

O diretor-presidente do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), Antonio Carlos Machado, destacou que o café está enraizado no capixaba. “É, para nós, um orgulho sermos referência nacional e mundial na cafeicultura, não só pela produção, mas pelo tipo de café, pela qualidade, tanto do conilon quanto do arábica”, ressaltou.

Participaram do evento prefeitos, vereadores e produtores de dez municípios capixabas. No início da sessão, houve um café da tarde, com degustação de café, e apresentação do cantor sertanejo Conrado Rangel.

Confira a lista de todos os homenageados

Paulo Roberto Foletto (Seag) – representado por Michel Tesh
Antônio Carlos Machado (Incaper)
Adeilson José Lorencini (Vila Valério)
Adenilson Ferreira dos Santos (Vila Pavão)
Advaldo Antônio Zotelle (São Gabriel da Palha)
Ângela Maria Risse Boecker (São Gabriel da Palha)
Antônio Lima De Andrade (São Gabriel da Palha)
Áurea Drago Mantovanelli (Marilândia)
Carlos Schwartz (Pancas)
David Kipert Nascimento (Vila Valério)
Elmir Ton (São Gabriel da Palha)
Eugênio Quiuqui (Águia Branca)
Flávio Bastianello (Nova Venécia)
Frederico Scharamm Filho (Governador Lindenberg)
Gervásio Camata (Marilândia)
Ildevar Prando (Governador Lindenberg)
Joacir Ferreira Da Fonseca (Águia Branca)
João Colombi Neto (São Gabriel da Palha)
José Alves De Matos (Marilândia)
Lindemar Sarter (Vila Pavão)
Mário Tadeu Andréa (São Gabriel da Palha)
Mateus Merlin Lourenço (Nova Venécia)
Onivaldo Lorenzoni (São Gabriel da Palha)
Paulo Roberto Alves Roberti (Vila Valério)
Paulo Sérgio Volpi (Marilândia)
Rodrigo Márcio Rigo (São Gabriel da Palha)
Ronan Roque Fortuna (São Domingos do Norte)
Tiago Dos Santos (Alto Rio Novo)
Valdeir Geraldo Delazari (Águia Branca)
Waldir Feroni Júnior (São Domingos do Norte)

Deputados: Raquel Lessa
Vice-governadora avalia participação de mulheres na política
Em entrevista ao Portal Web Ales, Jaqueline Moraes falou sobre os desafios para superar a baixa representatividade feminina na política
Exigida divulgação de gratuidade em cartório
Torino quer maior visibilidade para lei federal que proíbe cobrança de valores no registro estatutário de associações de moradores 
Espaço para a imprensa capixaba na Ales
Projeto cria ambiente destinado à história da imprensa no Espírito Santo, com fotos e dados sobre revistas e jornais dos municípios
PL prorroga validade de licenças e alvarás
Objetivo é conceder mais 180 dias de prazo em virtude de dificuldades de renovação durante a pandemia
Vice-governadora avalia participação de mulheres na política
Em entrevista ao Portal Web Ales, Jaqueline Moraes falou sobre os desafios para superar a baixa representatividade feminina na política
Exigida divulgação de gratuidade em cartório
Torino quer maior visibilidade para lei federal que proíbe cobrança de valores no registro estatutário de associações de moradores 
Espaço para a imprensa capixaba na Ales
Projeto cria ambiente destinado à história da imprensa no Espírito Santo, com fotos e dados sobre revistas e jornais dos municípios